Brasil para o Chile

O Chile é o maior exportador de vinhos para o Brasil, seguido de Portugal, Argentina, Itália e Espanha. Em 2018 o Chile exportou 5,6 milhões de caixas para o Brasil, sendo o líder absoluto no ranking de vinhos importados com 46.2% de participação de mercado (fonte Ideal Consultoria).

O Brasil figura entre os mercados prioritários para o Chile. Nossos vizinhos andinos acreditam muito no potencial de crescimento do emergente mercado brasileiro de vinhos que hoje tem um consumo per capita de apenas 1.9 litros/ano versus 12.2 litros no Chile.

Hoje o Brasil está entre os 5 principais destinos de exportação para os vinhos chilenos, atrás apenas da China, Japão, EUA e Reino Unido. E para 2019 o Brasil foi escolhido entre os 3 mercados-chave juntamente com a China e o Reino Unido.

A imagem dos vinhos chilenos é associada a alta qualidade de seus produtos a bons preços, garantidos pela proximidade geográfica do Brasil com o Chile.

Os brasileiros amam o Chile. Mais de 600 mil pessoas viajaram a turismo para conhecer este país, encantados com as diversas opções de turismo de aventura, esportiva e gastronômica. O Chile é um país seguro, que vem apresentando uma taxa de crescimento constante e crescente nos últimos anos.

Parte dos turistas brasileiros que têm o Chile como destino, incluem visitas a suas dezenas de vinícolas, várias com hotéis, restaurantes e atrações ligadas a esportes.